Curiosidades Neurocientíficas

POR QUE, ÀS VEZES, MEU OLHO TREME?
O espasmo das pálpebras é causado pela contração do músculo orbicular (músculo responsável pelo fechamento das pálpebras). A causa mais provável é que seja provocado pelo cansaço ou tensão. “É como uma cãibra”, explica o oftalmologista Paulo Henrique, da Unifesp. O músculo se movimenta rápido para fazer circular mais sangue na região e dissipar o ácido lático, responsável pela irritação na terminação nervosa.

POR QUE TENHO A IMPRESSÃO DE JÁ TER VISTO UM LUGAR ONDE NUNCA ESTIVE?
A sensação de “déjá vu” pode acontecer com quase todos e tem origem biológica. O hipocampo – região do cérebro responsável pelo processamento da memória – é ativado fora de hora, exatamente quando está ocorrendo um fato novo, dando a impressão de que aquilo já estava registrado, de que é um fato do passado. O evento é mais freqüente em pessoas com epilepsia no lobo temporal e isso, provavelmente, está relacionado com” disparo “anormal do hipocampo, um dos centros
cerebrais da memória”, explica o psiquiatra Roberto Sassi. Mas isso não implica que pessoas que tenham “déjá vu” sofram de epilepsia.

O QUE CAUSA O ESPIRRO?
“É um mecanismo de defesa, uma forma de o organismo liberar bactérias e vírus alojados nas vias respiratórias, especialmente no nariz, limpando-o”. Explica o neumologista Clystenes Odyr Silva. Não tente impedir o espirro e jamais bloqueie o nariz para evitar fazer barulho. A velocidade do espirro pode ser de 160 km/h; ao tampar o nariz, a pressão é transmitida para um canal do ouvido e corre-se o risco de ter-se o tímpano rompido.

ESTALAR OS DEDOS ENGROSSA AS ARTICULAÇÕES?
Não. “Ao esticar o dedo, o líquido sinovial lubrificante da articulação responsável por diminuir o atrito se desloca sob o vácuo formado entre as articulações, fazendo o barulho do estalo”, ensina o ortopedista cirurgião de mão Luís Nakashima. O mesmo fenômeno pode ser percebido nas costas e nos joelhos. “Provocar o estalo no dedo não faz mal algum”.

POR QUE AS PESSOAS SOLUÇAM?
Soluço é a contração involuntária do músculo do diafragma, responsável pela respiração. O soluço geralmente é causado por uma irritação no nervo frênico, responsável por ativar o diafragma devido a um aumento do volume do estômago. E não é lenda a história de que um susto pode curar o “soluçante”, pois libera adrenalina e ativa o nervo frênico. Outra saída é a água gelada, que provoca o mesmo efeito.

IH! , MEU PÉ DORMIU!
Isso acontece porque a compressão do fluxo sangüíneo (ao cruzar as pernas, por exemplo) interrompe o tráfego de impulsos nervosos. Ao restabelecer o fluxo, acontece uma espécie de “curto circuito” nos impulsos elétricos dos nervos, daí a sensação de formigamento”. Há até um problema conhecido como “paralisia dos amantes”. O casal dorme junto e um deles fica em cima do braço do outro. O fluxo sangüíneo pode ficar interrompido por horas, comprometendo por meses ou até para sempre o músculo do braço”. A saída para o formigamento é restabelecer o fluxo sangüíneo, movimentando o músculo. Dependendo do caso, é necessário
fazer fisioterapia.

POR QUE TENHO VONTADE DE URINAR QUANDO ENTRO NA PISCINA?
Não é sacanagem. Ao entrar na água, a pressão externa sobre o corpo aumenta. “Os líquidos componentes do plasma que estão fora dos vasos são “empurrados” para dentro deles”, com o aumento do volume de sangue nos vasos – chamado volemia – vem a vontade de urinar. É como beber água. Por falar em água, é verdade que torneira aberta e chuveiro despertam a vontade. “É psicológico, chamamos de reflexo da micção”.

DE ONDE VEM A CÃIBRA?
Segundo o neurologista Acary Oliveira, da Unifesp, 95% da população já experimentou esse espasmo muscular, em geral na barriga da perna. “Após intensa atividade física, acaba a energia e a musculatura se contrai e não relaxa”. Para passar, o segredo é contrair o músculo oposto ao que está doendo, como fazem os jogadores de futebol. Se a cãibra for na barriga da perna, por exemplo, basta alongar os músculos da parte da frente, puxando a ponta do pé p/ cima , em direção a canela.

O QUE CAUSA O ARROTO?
Também chamado eructação, o arroto é causado pelo ato de engolir ar (aerofagia).”Falar ou comer muito rápido e engolindo ar, são as causas mais comuns”. Ingerir alguma substância que contenha gás,como refrigerante, pode ser outra causa provável. A cura não é muito educada. Basta “eructar”.

POR QUE HÁ UMA ESPÉCIE DE “CHOQUE” QUANDO SE BATE O COTOVELO NA QUINA
DA MESA?
A reação é causada pela compressão de um nervo chamado ulnar. “No cotovelo, o nervo ulnar está muito exposto, ficando suscetível a pancadas”. Esse nervo está ligado aos dedos mínimo e anular. Por isso, a sensação de choque se espalha do cotovelo até esses dois dedos.

POR QUE OS PÊLOS FICAM ARREPIADOS?
“O frio e as fortes emoções são os principais estímulos causadores da contração do músculo eretor dos pêlos”, afirma a neurologista Cláudia Garavelli. A origem pode estar na teoria darwinista e sua explicação é que o arrepio é uma forma de defesa. No frio, a camada formada pelos pêlos retém o ar quente, aquecendo o corpo. No medo, aumenta-se o volume do corpo, assustando-se assim um eventual agressor, como fazem os gatos.

POR QUE A PELE DA MÃO ENRRUGA QUANDO FICAMOS NA ÁGUA?
“Porque a camada externa da pele do dedo é composta por uma proteína – a queratina – que pode “absorver “água como uma esponja”, explica o clínico geral Luís Fernando. A camada externa da pele da ponta dos dedos é “fixa”. Para caber o volume de água absorvido, a pele enruga.

É VERDADE QUE ORELHAS E NARIZ CRESCEM QUANDO ENVELHECEMOS?
Não. O problema é que o tecido de sustentação da pele perde elasticidade. “A partir dos 75 anos, a flacidez é mais acentuada devido à perda da elastina, proteína responsável pela elasticidade da pele”, afirma o geriatra Clineu Almada. “Assim, tecido “cai”, dando a impressão de que o órgão cresceu”.

Curiosidades Neurocientíficas
Classificado como: