Fato Verídico atesta princípio de Neurociência

Muitas pessoas a viram dentro do carro com os vidros fechados, e com os olhos cerrados, com as duas mãos na nuca. Um cliente que passou por ali estranhou e foi até o carro. Ele percebeu que os olhos de Ana Paula estavam agora abertos, e que ela estava com um olhar muito estranho. Ele perguntou-lhe se estava bem, e ela respondeu que havia levado um tiro na cabeça, e estava segurando seu cérebro por mais de uma hora. O homem chamou o INEM, que quebrou o vidro para entrar no carro, porque ele estava trancado, e Ana Paula recusava-se a tirar as mãos da nuca. Quando o INEM finalmente conseguiu entender o que acontecera, notou que Ana Paula estava com uma pasta gosmenta na nuca. Uma embalagem de 1itro de creme de leite no banco de trás do carro estourara por causa do calor, fazendo um barulho parecido com um tiro, e o creme foi jogado para todos os lados, caindo uma parte na nuca de Ana Paula. Quando ela pôs as mãos atrás da cabeça, sentiu a massa mole e achou que fosse seu cérebro.
Primeiro desmaiou, mas recuperou-se rapidamente e tentou segurar o cérebro por mais de uma hora, até que alguém chegou para acudi-la. Decididamente o cérebro (límbico) não distingue mesmo a fantasia e o “achismo” do que é real.

Fato Verídico atesta princípio de Neurociência
Classificado como: