Filhos primogênitos são mais inteligentes

Thiago Perin 19 de janeiro de 2011

O pesquisador Frank Heiland, da Universidade Estadual da Flórida (EUA), resolveu investigar a relação entre a nossa posição na ordem de nascimento e as habilidades que demonstramos nos primeiros anos escolares. E, usando informações do National Longitudinal Survey of Youth, uma pesquisa feita pelo governo dos EUA, que entrevistou mais de 12 mil pessoas entre 1979 e 1998, ele constatou que, nos primeiros anos de vida, os primogênitos demonstram um desenvolvimento cognitivo maior do que o dos filhos do meio – mas não necessariamente maior do que o dos caçulas. Pobrezinhos dos intermediários, que já são tradicionalmente taxados de problemáticos, né? O estudo não trouxe um porquê definitivo, mas 12 mil pessoas é um número significativo, não é não?

[PESQUISA]: Primogênitos tendem a ser mais inteligentes